Resenha | Kindred – Laços de sangue, de Octavia E. Butler

Kindred – Laços de sangue
Autora: Octavia E. Butler
Tradução: Carolina Caires Coelho
Editora: Morro Branco
Páginas: 432
Onde comprar: Amazon

Há alguns dias fui até o quarto do Lucas, meu irmão, para guardar um livro que ele tinha me emprestado. Ao chegar à estante onde deveria guardá-lo, outro livro pareceu gritar por minha atenção. Tirei-o da estante, li a contracapa e o levei para o meu quarto. Em poucos dias, tinha terminado mais uma leitura.

O livro era Kindred – Laços de Sangue, da escritora norte-americana Octavia E. Butler, considerada “a grande dama da ficção científica”.

O livro prendeu minha atenção já em sua primeira frase: Perdi um braço na minha última volta pra casa”. Meu Deus! Como assim?

Kindred conta a história de Dana, uma jovem que, no dia de seu vigésimo sexto aniversário, está de mudança com seu marido para um novo apartamento. Do nada, ela se sente mal e se vê diante de um rio onde um garoto está se afogando. Após entrar na água e salvar a vida da criança, Dana é colocada na mira de uma espingarda.

Sentindo-se novamente atordoada, ela é transportada de volta para o seu apartamento. Está encharcada e diante do olhar perplexo de seu marido, que a viu desaparecer e reaparecer em segundos.

A experiência assustadora se repete diversas vezes e Dana, uma escritora negra que vive no ano de 1976, percebe que está sendo levada para o século XIX, quando a escravidão ainda era praticada nos Estados Unidos.

Quais os riscos para uma mulher negra e livre numa época como essa? Como se adaptar a esta nova realidade? Quais são os laços que a prendem ao passado?

Octavia E. Butler (1947-2006): a “grande dama da ficção científica”.

Kindred foi publicado originalmente em 1979 e permanece extremamente atual ao tratar de racismo e violência contra negros e mulheres de forma tão direta. E, embora seja um livro de ficção científica, com viagens no tempo e no espaço, as descrições das cenas envolvendo os escravos são angustiantes e realistas, e nos transportam a um momento da história que deveria ter sido, realmente, apenas ficção.

Mesmo tratando de assuntos tão pesados, o estilo de escrita de Butler faz com que a leitura flua de forma fácil. É quase impossível interromper a história de Dana: ao fim de cada capítulo, você fica curioso e ansioso para saber o que acontecerá a seguir.

Se você gosta de ficção científica, leia agora! Se não gosta, leia também!

Considerado um clássico moderno, Kindred é aquele tipo de livro que nos faz repensar atitudes e comportamentos pré-estabelecidos. E a boa notícia: a Editora Morro Branco vai lançar outros livros da escritora aqui no Brasil, a começar por A parábola do semeador.

E não vou perder de jeito nenhum. E você?

AVALIAÇÃO

5-estrelas-2

Fotos: Lucas Furlan

3 comentários em “Resenha | Kindred – Laços de sangue, de Octavia E. Butler

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s